Preso, jovem de 27 anos confessa assassinato brutal de itabunense, em São Paulo

A motorista de ônibus Josielda Pereira, de 34 anos, saiu de casa na noite de sexta (28) para ir a uma festa. Horas depois ela foi encontrada morta e com o corpo parcialmente carbonizado.
Um homem de 27 anos confessou o assassinato de uma motorista de ônibus de 34 anos em Juquehy, na costa sul de São Sebastião (SP). De acordo com a Polícia Civil, ele se apresentou na delegacia na noite de domingo (30) e confessou o crime. A mulher foi encontrada com marcas de pedradas e com o corpo parcialmente queimado na madrugada de sábado (29). A Polícia Civil informou que o homem já era investigado como principal suspeito porque no dia do crime teria comentado com testemunhas que havia ‘cometido um erro’. Ele tem passagens por roubo e é conhecido na região por ser usuário de drogas. Em depoimento à polícia, ele disse que se envolveu em uma confusão com um acompanhante da mulher na noite do crime.
Posteriormente, ele encontrou a mulher sozinha e cometeu o homicídio. A Polícia Civil informou ainda que o criminoso alegou estar sob efeito de drogas na noite do crime.
A vítima Josielda Pereira, de 34 anos, natural de Itabuna, sul da Bahia, saiu de casa na noite de sexta-feira (28) para ir a uma festa. Depois do evento, ela encontrou algumas pessoas em um bar no bairro, por volta das 2h, e não foi mais vista. O corpo foi encontrado horas depois em um terreno. Nesta segunda-feira, o autor do crime ainda será interrogado pelos policiais. A Polícia Civil informou que ele permanece detido e que será pedida a prisão dele à Justiça.BDM

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.