AMAZONINO MENDES E EDUARDO BRAGA SE ENFRENTARÃO NO SEGUNDO TURNO

COM 38,05%, ELE VAI DISPUTAR 2º TURNO COM EDUARDO BRAGA (24,5%)
AMAZONINO MENDES É CUMPRIMENTADO POR ALIADOS, APÓS A CONFIRMAÇÃO DA VITÓRIA. (FOTO: REDE TIRADENTES)
Com praticamente 100% das urnas apuradas, Amazonino Mendes (PDT) vai enfrentar Eduardo Braga (PMDB) no segundo turno das eleições suplementares para o governo do Amazonas. Amazonino teve 576.131 votos, correspondentes a 38,7% dos votos, enquanto o candidato do PMDB somou 375.194 votos, equivalentes a 25,2%. A candidata Rebecca Garcia (PP), a terceira mais votada, obteve 268.481 votos (18,08%).
O resultado confirmou previsão da pesquisa de boca de urna realizada pelo instituto DMP para a Rede Tiradentes (RT) e divulgada pelo Diário do Poder às 17h55. A pesquisa indicava que Amazonino teria 38,4% dos votos (ele teve 38,7%), enquanto Braga somaria 24,5% (foram 25,2%) e Rebecc teria 17,17%, segundo a pesquisa de boca de urna, e ela teve 18,08%. 
'Escravo do povo amazonense'
Amazonino disputa o quarto mandato de governador, agora com o apoio do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB). Ele estava feliz, há pouco, quando concedeu entrevista: “São momentos inesquecíveis e de amor. Amor a um Estado pelo qual eu sou apaixonado!”
Ele defende uma campanha decente para o segundo turno.”É como o povo precisa! Por tudo isso, sou cada vez mais escravo do povo amazonense!”
A nova eleição foi convocada após o mandato do ex-governador José de Melo e de seu vice, José Henrique Oliveira, ter sido cassado por compra de votos. (DP)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.