CORTAR DO POVO PODE, MAS DA PRÓPRIA CARNE NADA.

GASTOS COM CARTÃO CORPORATIVO SÓ AUMENTAM DESDE QUE TEMER ASSUMIU A PRESIDÊNCIA
(NBO)
Os gastos do governo federal com cartão corporativo aumentaram nos últimos quatro meses. Desde que Michel Temer assumiu a Presidência, o poder Executivo gastou mais de R$ 29 milhões com os cartões.
Os valores gastos entre julho e 4 de novembro ultrapassam o total gasto em todo o primeiro semestre de 2016. E as despesas nos últimos quatros meses somam mais de R$ 24 milhões, contra R$ 22 milhões nos seis primeiros meses do ano. segundo o Ministério da transparência. do fim do ano passado ate agora mais de R$ 3,7 milhões foram gastos com cartões corporativos. E mesmo com o discurso de contenção de gastos, o governo continua gerando despesas com o cartão. Em média, são gastos entre R$ 4 mi e R$ 5 mi por mês .
Para o economista Paulo Brasil, se o governo propõe uma PEC que limita os gastos públicos, também precisa cortar na própria carne. Para mostrar ao país que está preocupado com as contas públicas, ele sugere que o governo zere as despesas com cartão corporativo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.