Morre editora americana que resgatou o ‘Diário de Anne Frank’

Judith Jones retirou diário de Anne Frank de uma pilha de material rejeitado, em Paris
Escritora Judith Jones, conhecida por ter resgatado o diário de Anne Frank de uma pilha de livros descartados 
Judith Jones, a lendária editora que resgatou o diário de Anne Frank de uma pilha de material rejeitado, em Paris, morreu nesta quarta-feira aos 93 anos. Judith Jones, que trabalhou para o Grupo Editorial Knopf Doubleday por mais de meio século, até 2011, faleceu em sua casa em Vermont, anunciou a editora. “É com muita tristeza que compartilho a notícia de que a editora da Knopf de longa data — Judith Jones — faleceu”, disse Sonny Mehta, diretor e editor-chefe da empresa. “Judith era uma lenda na indústria editorial. Quando jovem assistente, resgatou o Diário de Anne Frank de uma pilha em Paris.” (veja)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.