Harvard afirma: mulher de 24 anos pode ser o próximo Einstein

Sabrina Pasterski construiu e pilotou o próprio avião monomotor aos 14 anos, estudou no MIT e hoje faz doutorado em Harvard
Nada de homem velho, de cabelos brancos, escondido atrás de um milhão de papéis e com um enorme quadro negro cheio de fórmulas. Segundo a universidade de Harvard, nos Estados Unidos, o novo Einstein, versão 2017, é, na verdade, uma mulher, de 24 anos, que pilota aviões e motocicletas e está estudando para o doutorado.
Aos 14 anos, Sabrina Gonzalez Pasterski desenhou e construiu seu próprio monomotor. E, claro, o pilotou dois anos depois e se tornou a pessoa mais jovem a dirigir o próprio avião. O vídeo que documenta todo o processo tem quase um milhão de visualizações no YouTube.
A adolescente sempre chamou atenção pela inteligência e pelas habilidades, por isso estudou em uma escola especial para alunos superinteligentes, em Chicago. Lá, sempre se sentiu instigada. Depois de contar para a professora que havia pilotado um avião pela primeira vez, aos 9 anos, escutou como resposta: “Legal, mas o que mais você tem feito ultimamente?”
Anos depois, apesar da trajetória brilhante, Sabrina ficou na lista de espera para entrar no MIT, uma das faculdades mais renomadas do mundo. “Levei como motivação. Eu não acho que eu teria me importado tanto em ir bem academicamente se eu não tivesse algo a provar”, afirmou ao jornal Chicago Tribune.
Dito e feito: ao ser aprovada, se formou, em tempo recorde, no curso de física, e ainda em primeiro lugar de sua turma. Sabrina foi a primeira mulher em 20 anos a conseguir o feito.
              
Agora, ela faz doutorado em Harvard sob orientação de Andrew Strominger, um dos físicos mais importantes do mundo. Aos 24 anos, o interesse pelo céu continua: seus estudos procuram entender melhor os buracos negros e a gravidade.
O primeiro artigo escrito por ela foi aceito pelo Journal of High-Energy Physics com menos de 24 horas de inscrição e o segundo, recomendado pelo editor da Physical Review Letters. Em 2016, seu trabalho foi citado pelo físico Stephen Hawking.
Em 2015, Sabrina foi listada pela revista Forbes como uma das 30 pessoas com menos de 30 anos a se prestar atenção no rumo das ciências. E Jeff Bezos, dono da Amazon e do jornal The Washigton Post, já ofereceu uma vaga de emprego em suas empresas. É só ela pedir.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.