Irma perde força na Flórida e cai para tempestade de categoria 2

Furacão chegou ao estado americano neste domingo com categoria 4 e fez ao menos uma vítima; no início da tarde foi reclassificado para a classe 3
Moradores filmam tempestade causada pela chegada do furacão Irma em Key West, na Flórida, Estados Unidos (Twitter/Reprodução)
O furacão Irma enfraqueceu para uma tempestade de categoria 2, tecnicamente perdendo seu principal status de furacão, depois de ter tocado o solo no sudoeste da Flórida. O Irma está próximo da costa do estado, em direção ao norte.
O Centro Nacional de Furacões disse que os ventos de Irma estavam a 177 km/h, logo abaixo do status de furacão, quando seu centro se moveu mais para o interior no final da tarde deste domingo. O Irma atingiu a cidade de Naples depois de ter chegado a Marco Island às 15h35 (16h35 no horário de Brasília).
Em seu boletim das 17h (horário local), o centro alertou sobre o perigo de “marés ciclônicas imediatamente depois de o olho do furacão Irma passar ao longo da costa oeste da Flórida”.
O centro diz que o olho de Irma deve atingir a costa oeste da Flórida até segunda-feira de manhã e depois seguir mais para o interior do norte da Flórida e sudoeste da Geórgia, na tarde de amanhã.
Homem caminha pelas ruas de South Beach, em Miami, na Flórida, durante a chegada do furacão Irma nos Estados Unidos (Carlos Barria/Reuters)
Vento e chuva fortes castigam região de Bonita Springs, na Flórida, por onde o furacão Irma está passando (Spencer Platt/AFP)
Vento e chuva fortes castigam região de Bonita Springs, na Flórida, por onde o furacão Irma está passando (Spencer Platt/AFP)
O Irma chegou à Flórida no início deste domingo, como um furacão de categoria 4 e deixou pelo menos um morto.
No início da tarde, foi reclassificado como de categoria 3. Apesar da perda de força da tempestade, os Estados Unidos seguem mobilizados e enfrentam importante devastação — mais de 2 milhões de pessoas estão sem energia elétrica no estado.
(Com Estadão Conteúdo/EFE/veja)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.