José Dirceu diz que prefere morrer a delatar como Palocci

O ex-ministro José Dirceu deixa prédio da Justiça Federal em Curitiba após sair da prisão
José Dirceu, condenado na Operação Lava Jato, diz que prefere "morrer" antes de delatar, como tenta fazer o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci.
O próprio Dirceu, questionado sobre o depoimento em que Palocci envolve Lula diretamente com o recolhimento de propinas para o PT, respondeu a interlocutores: "Só luta por uma causa quem tem valor. Os que brigam por interesse têm preço. Não que não me custe dor, sofrimento, medo e às vezes pânico. Mas prefiro morrer que rastejar e perder a dignidade".
O depoimento do ex-ministro da Fazenda ao juiz Sergio Moro levou a uma comparação entre o comportamento dele e de condenados como Dirceu e João Vaccari, ex-tesoureiro do PT. Os dois suportariam tudo em nome de uma "causa". Já Palocci jamais teria tido qualquer compromisso com ela. (Mônica Bergamo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.