Ondas de até 11 metros provocadas pelo Irma atingem Havana

O furacão passou a oeste da capital cubana, mas provocou fortes ventos e chuva; socorristas passaram a noite fazendo resgates no centro de Havana.
Ondas atingem 11 metros de altura em Havana, Cuba, por causa de tempestades causadas pelo furacão Irma (Stringer/Reuters)
Ondas de até onze metros atingiram estabelecimentos ao longo da orla marítima de Havana na manhã deste domingo como consequência do furacão Irma, entre eles hotéis famosos como o Copacabana, que foram esvaziados em meio aos bairros inundados.
Grandes ondas atingem Havana, em Cuba, provocadas pelo
 furacão Irma (Stringer/Reuters)
Os primeiros socorristas passaram a noite de sábado resgatando pessoas de suas casas no centro da capital de Cuba, quando o mar atingiu com força histórica a área já propensa a inundações.
O Irma não atingiu Havana diretamente, trazendo apenas vento moderado e chuva, mas a tempestade provocou ondas gigantes sobre o mar que se estenderam até este domingo, quando o furacão já devastava o sul da Flórida.
(Com a agência Reuters)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.