Diretoria do Flamengo aposta em 'reforços' que estão no próprio elenco

Pré-temporada servirá para recuperar Rômulo, Geuvânio e Everton Ribeiro
Rio - Às vésperas do Natal, a diretoria do Flamengo segue em busca de reforços para presentear a torcida, mesmo que com atraso. Mas, além de olhar as prateleiras do mercado da bola, o comando do clube aposta num dos pilares da sustentabilidade: a reutilização. Alguns jogadores contratados em 2017 que não renderam o esperado terão a chance, no ano novo, de mostrar que ainda estão na garantia.Geuvânio ainda não emplacou no FlamengoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação
Rômulo, Everton Ribeiro e Geuvânio chegaram ao Rubro-Negro com prestígio. Deles, apenas Everton Ribeiro conseguiu a titularidade, embora não tenha vindo de forma absoluta. De qualquer forma, o meia não rendeu o que se esperava, principalmente na comparação com o seu histórico no Cruzeiro.
Ao custo de R$ 20 milhões, a diretoria deu à torcida um presente de Papai Noel fora de época ao contratar Everton Ribeiro. Agora, de bateria recarregada, espera-se, com a pré-temporada, que finalmente funcione em campo. O jogador atuou em 38 partidas, 35 delas como titular, e marcou sete gols.
No manual de Rômulo, constavam funções da época de Vasco e do futebol russo que, no Rubro-Negro, pareceram com defeito. O mesmo vale para Geuvânio. O primeiro começou jogando em 17 das 26 partidas nas quais atuou, e o segundo, em nove de 17. Cada um fez um gol.
Enquanto define o elenco, o Flamengo lida com os desdobramentos do caos na final da Sul-Americana, contra o Independiente, no Maracanã. O clube enviou a defesa à Conmebol. O veredito deve sair entre os dias 8 e 12 de janeiro. Numa hipótese improvável, o clube pode até ser excluído da Libertadores, que teve as datas divulgadas. (odia)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.