Trem que descarrilou nos EUA circulava muito acima da velocidade

Dados da caixa preta mostraram que a locomotiva estava a 128,7 quilômetros por hora quando deveria estar a no máximo 48 quilômetros por hora
Um trem descarrilhou e caiu sobre uma estrada no estado de Washington, nos Estados Unidos - 18/12/2017 (Stephen Brashear/Getty Images/AFP)
O trem que descarrilou segunda-feira em DuPont e caiu sobre uma estrada no estado de Washington, no noroeste dos Estados Unidos, circulava a 128,7 quilômetros por hora em uma área onde deveria passar a 48,2 quilômetros por hora, segundo dados oficiais divulgados nesta terça-feira.
A porta-voz da Junta Nacional de Segurança no Transporte (NTSB), T. Bella Dinh-Zar, disse em coletiva de imprensa que os dados foram obtidos da caixa preta da locomotiva do comboio. Ao menos três pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas no acidente. Segundo informou o The Seattle Times, havia placas sinalizando o limite de velocidade a 1,6 quilômetros do local onde aconteceu o descarrilamento.
O trem estava fazendo sua viagem inaugural entre Seattle e Portland quando treze dos catorze vagões do comboio 501 descarrilharam e caíram na Interstate 5, que que estava na hora do rush.
O acidente aconteceu nos arredores da localidade de DuPont, situada 80 quilômetros ao sul de Seattle e um dos vagões ficou suspenso entre a ponte e a estrada. Vários automóveis se chocaram após o descarrilamento, o que provocou feridos entre os motoristas e passageiros dos carros, mas nenhuma vítima mortal. Todas as vítimas fatais eram passageiras do trem.
O serviço ferroviário Amtrak informou que no comboio 501, que tinha saído às 6h de Seattle, viajavam 77 passageiros e sete funcionários da companhia de transporte. A nova rota faz parte de um programa para melhorar e acelerar as comunicações na área que, no seu conjunto, custou US$ 800 milhões, de acordo com os dados oferecidos pelo Departamento de Transporte do estado de Washington (veja)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.