Trump alerta governo iraniano: ‘o mundo está observando’

Presidente americano defendeu caráter pacífico dos protestos e o direito à liberdade de expressão dos manifestantes antigoverno
Por EFE/veja
O presidente norte-americano, Donald Trump fala durante a 72ª Assembléia Geral das Nações Unidas na sede da ONU em Nova York - 19/09/2017 (TIMOTHY A. CLARY/AFP)
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a mostrar neste sábado seu apoio aos milhares de iranianos que manifestam desde a quinta-feira contra o governo do presidente Hassan Rohani. “Os regimes opressores não podem durar eternamente e chegará o dia em que o povo do Irã poderá escolher. O mundo está observando!”, escreveu Trump em sua conta pessoal do Twitter.
O presidente americano reiterou assim as mensagens de apoio aos manifestantes lançadas ontem pelo Departamento de Estado e pela própria Casa Branca, nas quais pedia ao governo iraniano que respeitasse o direito de expressão de seu próprio povo.
“O mundo inteiro entende que a boa gente do Irã quer uma mudança e — além do vasto poder militar dos Estados Unidos —, o que os líderes iranianos mais temem é seu próprio povo”, escreveu Trump em um segundo tuíte. As duas mensagens repetem o tom adotado em seu discurso em setembro deste ano na Assembleia Geral das Nações Unidas, na qual Trump rotulou o governo de Rohani de “regime assassino”.
Os Estados Unidos têm defendido o caráter pacífico dos protestos que aconteceram nas cidades de Mashhad, Neyshabur, Kamshmar, Shahrud, Kermanshah, Rasht, Tabriz e Isfahan, e criticou as detenções de manifestantes feitas pelas autoridades locais.
Durante os protestos, os manifestantes cantaram lemas de ordem contrários ao presidente iraniano e favoráveis à independência e à liberdade, e expressaram rejeição ao apoio econômico do governo a alguns países da região enquanto a população local atravessa dificuldades econômicas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.