CHACINA DE FORTALEZA - Veja a lista completa com perfis de mortos em chacina que deixou 14 mortos

A guerra do tráfico no Ceará está passando por um triste capítulo nesta semana. Como foi noticiado, no último sábado (27), uma facção criminosa invadiu uma festa de outro grupo do crime organizado em Fortaleza, capital do estado, e promoveu uma grande chacina. 
Já no final da tarde do último domingo (28), a Perícia Forense do estado decidiu divulgar o número final de mortos e também o nome de cada uma das vítimas. No total, 14 pessoas morreram durante a ação dos bandidos, entre elas, duas adolescentes, uma de 15 e outra de 17 anos. 
As vítimas estão divididas em oito mulheres e seis homens. O crime aconteceu ainda na madrugada de sábado, por volta das 1h30, no Forró do Gago. Os nomes e os perfis das vítimas (aqueles que foram encontrados nas redes sociais) podem ser vistos abaixo:
Maíra Santos da Silva (15)
Maria Tatiana da Costa Ferreira (17)
José Jefferson de Souza Ferreira (21)
Luana Ramos Silva (22)
Wesley Brando Santos Nascimento (24)
Antônio Gilson Ribeiro Xavier (31)
Edneusa Pereira Albuquerque (38)
Raimundo da Cunha Dias (48)
Antônio José Dias de Oliveira (55)
Ainda no final da tarde do último domingo, o governador cearense, Camilo Santana, fez mais anúncios sobre as investigações da chacina, que se torna o principal caso policial do estado. De acordo com o mandatário, cinco suspeitos de participar do crime no bairro Cajazeiras foram identificados. Deles, três seriam os mandantes, e os outros dois estariam envolvidos de maneira direta no caso, provavelmente fazendo parte do grupo que assassinou as pessoas citadas acima e deixou tantas outras feridas.
Um dos suspeitos já havia sido preso ainda na madrugada de sábado, logo após os policiais realizarem uma força-tarefa pela região. O homem, que participou do massacre, estava carregando um fuzil, uma das armas utilizadas no crime.
Na mesma coletiva de imprensa, o governador do Ceará prometeu algumas medidas para que se combata a guerra das facções, que faz tantas vítimas no estado. As medidas são basicamente a criação de grupos especializados no combate ao crime organizado. 
Por exemplo, há o planejamento de que a Polícia Federal do Ceará crie uma unidade especializada, assim como será criada uma Vara, no âmbito da Justiça, que sirva apenas para julgar os crimes desses grupos criminosos. Para tudo funcionar, é prometido um centro integrado, em que todos esses grupos possam atuar de maneira conjunta.
A cachina ocorrida no último final de semana é a maior do estado. O que preocupa as autoridades é que muitos inocentes foram mortos em ação que seria parte da guerra das facções criminosos. Havia sido divulgado anteriormente que entre os mortos há um vendedor de cachorro-quente, um comerciante e um motorista de aplicativo. Os nomes, no entanto, não foram indicados na listagem. Com Portal News24hs.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.