COMPERJ: TCU QUER QUE EMPREITEIRAS MINEIRA DEVOLVA R$206 MILHÕES

TCU VÊ SOBREPREÇO E PAGAMENTOS INDEVIDOS DA ANDRADE GUTIERREZ
TCU COBRA PAGAMENTOS INDEVIDOS À ANDRADE GUTIERREZ NO COMPERJ
Somente no âmbito do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), o Tribunal de Contas da União (TCU) pretende recuperar um total de R$206 milhões do consórcio liderado pela empreiteira Andrade Gutierrez. São R$56 milhões (valores de 2008) do pagamento indevido de verbas de chuva (pagamento por equipamentos parados), além da execução de garantias e suspeita de sobrepreço na obra. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
O TCU está determinado a executar garantias de R$70 milhões, em razão de irregularidades diversas no mesmo empreendimento.
O sobrepreço de R$80 milhões foi atestado pelo TCU nas obras da Unidade de Destilação Atmosférica e a Vácuo do mesmo Comperj.
Essas ações valorizam a presença do TCU na negociação de acordos de leniência, mas a Andrade Gutierrez foge disso como da cruz.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.