Homem que atropelou pedestres em Copacabana foi ou é funcionário da Globo? Não é verdade!

Mensagem circula em redes sociais. Antonio de Almeida Anaquim negou que seja funcionário da empresa e informou à polícia que visitou um amigo que trabalhou na GloboNews.
Uma mensagem que está circulando por WhatsApp e Facebook afirma que Antonio de Almeida Anaquim, o homem que atropelou 18 pessoas no calçadão de Copacabana, seria funcionário da Globo ou da GloboNews. Isso não é verdade. Ele não é ou foi funcionário. A afirmação está no G1.
Antonio de Almeida Anaquim, de 41 anos, afirmou ao delegado Gabriel Ferrando, da 12ª DP (Copacabana), que nunca trabalhou na Globo. Anaquim disse que visitou um amigo chamado Luciano que trabalhou na GloboNews. A visita foi em 2015.
Antonio de Almeida Anaquim durante vista à GloboNews. Ele não trabalha na emissora e disse que foi visitar um amigo (Foto: Reprodução/Facebook)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.