Lindbergh ganha fôlego com condenação de Lula

Jorge William | Agência O Globo
Até o final do ano passado, a bancada do PT do Senado planejava trocar seu líder. Lindbergh Farias criou muitos atritos com seus próprios companheiros e com parlamentares de outros partidos, principalmente Eunício Oliveira.
A ideia era colocar de volta Humberto Costa, de perfil mais conciliador.
Após a condenação de Lula, no entanto, com a postura ainda mais radicalizada que o partido adotou, Lindbergh volta a ganhar força. Gleisi Hoffmann simpatiza com a ideia de mantê-lo. (Lauro Jardim)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.