NOTA DE REPÚDIO: INSTITUTO DE GARANTIAS PENAIS CRITICA AGRESSÕES SOFRIDAS POR GILMAR MENDES

MINISTRO FOI ALVO DE OFENSAS EM VOO DE BRASÍLIA PARA CUIABÁ
MINISTRO FOI ALVO DE OFENSAS EM VOO
O Instituto de Garantias Penais (IGP) divulgou nota de repúdio às agressões sofridas pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), em um voo para Cuiabá. Assim que o avião pousou, passageiros sacaram seus celulares e começaram a gravar enquanto ofendiam o ministro. "Você é uma vergonha para a sua família", "o STF não presta para nada, tinha que fechar", "fora, Gilmar, fora Gilma", foram alguns dos gritos ouvidos na gravação.
Na nota assinada pelo presidente do IGP, Ticiano Figueiredo, o órgão afirma que "os agressores ignoram que a defesa dos direitos fundamentais e garantias individuais, usada para ofender o ministro, têm por destinatários todos os cidadãos, inclusive eles". Em outro ponto, o IGP destaca que esse tipo de gravação "tem a marca da covardia" já que não dá direito de defesa.(dp)
Confira abaixo a íntegra da nota

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.