Projeto Carnaval Ouro Negro apoia 92 entidades tradicionais neste ano

Divulgação  
Neste ano, o projeto Carnaval Ouro Negro vai apoiar 92 entidades carnavalescas de matrizes africanas e de manifestações tradicionais. Segundo o governo, as entidades abrangem blocos afro e de índio, afoxés e blocos de samba e reggae de Salvador. 
No total, 122 instituições se inscreveram no edital Ouro Negro 2018. Dessas, 30 tiveram suas inscrições inabilitadas.
Atualmente gerido pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) da Secretaria de Cultura do Estado, em 2018 o projeto comemora dez anos, apoiando e reconhecendo o legado e a importância da cultura negra e das manifestações tradicionais para o Carnaval, como forma de manter a plasticidade, beleza e identidade desses blocos na avenida, transmitindo o legado para as novas gerações. (BNews)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.