REFORMA DA PREVIDÊNCIA - Entrevista de Temer ao programa Silvio Santos

O Presidente da República, Michel Temer, deu uma entrevista neste domingo(28) ao Programa Silvio Santos, onde foi abordada a questão da Reforma da Previdência, em dois ângulos: Sua Excelência voltou a fazer terrorismo contra os aposentados, sob o argumento de que se a reforma não for aprovada, vai faltar dinheiro para pagar os benefícios. Outra abordagem, foi que aqueles que têm ganhos elevados, sugere Michel Temer que não é nada demais pagar R$ 500,00 ou R$ 600,00 mensalmente para ter uma aposentadoria maior.
Isso é uma brincadeira. Em momento nenhum o Presidente disse aos cidadãos APOSENTADOS o destino dado ao dinheiro arrecadado nos 30 ou 35 anos de contribuição. Quando se contribui, Presidente, é para garantir o benefício futuro e não para pagar a aposentadoria de quem já conseguiu beneficio, após anos e anos de labor, tendo os descontos religiosamente aplicados em folha de pagamento e recolhidos aos cofres públicos. Onde foi parar o dinheiro, Presidente?. E quem ganha, hoje, acima do teto da previdência vai continuar contribuindo sobre os ganhos brutos e ainda ter que pagar a bancos a mensalidade sugerida? Que história é essa mal explicada? Onde estão os órgãos representativos dos trabalhadores, as entidades de classe?
É preciso clareza. O contribuinte, nesse caso, terá que pagar ao governo e ao banco. Então, faz de conta que o problema da previdência ficará resolvido. Mas não é isso. O que se percebe é o interesse  de passar a grande conquista do trabalhador brasileiro,  que é a previdência social pública, maior distribuidora de renda do munto, à iniciativa privada, aos bancos. O rombo, ora o rombo é por conta da CORRUPÇÃO DESENFREADA. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.