Rússia: 8 crianças e professora são feridas após ataque a escola

Homens mascarados invadiram o local armados com facas; os agressores foram detidos
Policiais e equipes de resgate nos arredores do colégio Nº 127 de Perm, na Rússia - 15/01/2018 (Maksim Kimerling/Reuters)
Oito crianças e uma professora ficaram feridas nesta segunda-feira após um ataque com faca em um colégio na cidade russa de Perm, oeste do país. Segundo a polícia, os dois homens que invadiram a escola já foram detidos.
“Dois criminosos com máscara atacaram uma professora e seus alunos. Como resultado do ataque nove pessoas ficaram feridas por arma branca: a professora e oito estudantes”, afirmou a porta-voz do Ministério de Segurança Territorial da região de Perm.
A professora e um dos alunos, de 16 anos, que foi apunhalado no pescoço, estão em estado grave, informou em comunicado o Ministério de Saúde regional. “Os dois foram internados em um hospital e já estão sendo operados”, diz a nota.
Os demais feridos “sofreram ferimentos superficiais” e foram levados em um hospital infantil. Vários alunos atacados conseguiram fugir para um shopping próximo ao colégio e foram atendidos ali mesmo pelos médicos.
Os agressores, “dois homens jovens”, foram detidos. Especula-se que um deles é um ex-aluno da escola, de 16 anos. A polícia descarta que o crime tenha sido motivado por razões terroristas.
“As aulas foram suspensas e o colégio evacuado. As crianças e os seus pais estão recebendo ajuda psicológica”, afirmou a porta-voz do Ministério de Segurança Territorial.
O incidente aconteceu por volta das 10h20 (horário local, 3h20 em Brasília) no colégio Nº 127 de Perm, no primeiro dia de aulas após as férias natalinas. No momento do ataque, havia 743 pessoas na escola, incluindo 698 alunos e 45 adultos. (veja)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.