Após cinco lesões no olho, Bruno Henrique diz estar próximo de retorno ao Santos

'O pior já passou', disse o jogador do clube paulista
São Paulo - Bruno Henrique deve voltar a atuar em breve pelo Santos. Em recuperação de cinco lesões sofridas no olho direito na primeira rodada do Campeonato Paulista, o atacante revelou que o processo se acelerou nos últimos dias e agora vive a expectativa de ser liberado para realizar treinamentos sem restrições, já na próxima semana.
"O pior já passou. Soltaram notícias de que eu poderia perder a visão, mas graças a Deus hoje eu não corro mais esse risco. Estou bastante feliz de estar me recuperando bem, já estou em processo de transição e nesta semana (na próxima) já volto a treinar com bola com a equipe. Estou ansioso", afirmou, em entrevista à TV Tribuna de Santos.
Em 17 de janeiro, logo nos minutos iniciais da vitória do Santos por 3 a 0 sobre o Linense, Bruno Henrique levou uma bolada acidental no olho na sequência de uma finalização dele próprio. A situação o forçou a ser substituído, com exames posteriores detectando a gravidade do problema que o tem mantido longe dos gramados desde então.
Recentemente, Bruno Henrique foi liberado para realizar trabalhos leves, sem qualquer risco de contato. E ele precisará utilizar um óculos de proteção no seu retorno ao time. "O médico falou que é por precaução, para não tomar outra bolada no olho. Mas isso é só por um tempo, depois eu vou poder tirar", disse o atacante, esclarecendo que esse uso será provisório.
O retorno de Bruno Henrique ao Santos é muito aguardado pelo técnico Jair Ventura, ainda mais que ele fechou 2017 como artilheiro da equipe, com 18 gols marcados. Na sua volta após o trauma, ele admite que precisará lidar com o medo de sofrer novas lesões no olho, mas garante que esse temor será temporário
"É como um atleta quando volta de uma cirurgia. Ele fica com um pouco de receio, mas no dia a dia, com jogos e treinos, você vai se adaptando, esquece desses problemas, e quando você vê, tudo vai ficando normal", concluiu. (odia)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.