BELEZA - Como Evitar Manchas nas Axilas e Virilha

Para algumas mulheres, é comum o surgimento de manchas na pele após a depilação, principalmente nas axilas, virilha e buço. Essas manchas incomodam, principalmente porque fica parecendo que a depilação ficou mal feita ou que a região está suja. Quem usa lâmina ou creme depilatório muito frequentemente (todos os dias ou dia-sim-dia-não) acaba ficando com esse problema porque a lâmina e o creme irritam a pele e ela reage produzindo melanina. Se a pele estiver muito queimada pelo sol no momento da depilação também podem aparecer manchas.
Podem surgir manchas também caso a mulher tenha pelos muito grosso ou por alergia a algum componente do desodorante, o que irrita a pele e o escurecimento.
Outros motivos causadores do problema são: alteração hormonal, alergias, irritações causadas por cremes e assaduras.
Como evitar?
Para evitar essas manchas, o ideal é realizar a depilação a laser. Eliminando o pelo por completo elimina também outra causa do escurecimento da região: a inflamação do próprio pelo, que pode encravar e manchar a pele. Além disso, não se recomenda o uso de cera e lâmina, que podem ferir a pele e manchá-la. Caso não faça a depilação definitiva, dê preferência à cera fria, tomando sempre cuidado com a exposição solar antes e depois da depilação.
. Use e abuse do protetor solar até mesmo nas axilas quando usar camisetas, blusas sem manga e quando for para praia ou piscina; o sol sempre intensifica o problema.
. Prefira a depilação com cera ou laser à feita com lâmina.
. Faça sempre esfoliação na pele em casa e não esqueça de fazer também nas axilas. Isso ajudará a remover todas as impurezas e células mortas. Termine o processo usando um bom creme hidratante livre de álcool.
. Nunca use desodorantes ou cremes com álcool.
Como clarear a região das axilas?
A região pode ser clareada em casa com o uso de despigmentantes como hidroquinona, ácido kójico ou ácido fítico — sempre prescritos por um dermatologista. Se as manchas forem persistentes, podem ser realizados peelings em consultório ou aplicado laser para clarear.
O peeling físico renova a pele por meio do atrito, pois as camadas com manchas são removidas para que nasça uma pele nova no lugar. Já o peeling químico clareador utiliza o ácido glicólico, que provoca a descamação e renovação da pele, e o ácido kójico, que age no clareamento dela.
Boas opções para solucionar de vez o problema são os clareamentos com laser, que removem parte da pigmentação escura, ácidos clareadores, despigmentadores e peelings superficiais que não agridem a pele e ajudam na remoção das células mortas.
Existem diversos cremes e tratamentos específicos para quem sofre com as manchas, que além de eficientes, são seguros. Porém, a dermatologista alerta para os perigos do uso por conta própria: se a sua ele é do tipo áspera e menos pigmentada e você usa um creme para peles oleosas e mais pigmentadas, pode ficar com manchas ainda maiores, dificultando a remoção. O ideal é procurar um especialista e seguir o tratamento adequado.
Também existem cosméticos, como os desodorantes, que ajudam a clarear ou evitar o escurecimento da pele. Desodorantes clareadores, em geral, possuem substâncias com propriedades hidratantes, calmantes e anti-inflamatórias. Eles ajudam a clarear a pele de maneira suave. As versões em creme e roll-on são as mais indicadas, pois não contêm álcool.
Receitas Caseiras
Existem controvérsias com relação as receitas caseiras para clarear a pele. Há quem diga que resolve… por outro lado, há dermatologistas que condenam o uso dessas receitas, dizendo que pode-se até piorar a situação. Por isso resolvi não colocar nenhuma receitinha, mas se alguém já usou alguma receita que foi eficiente sinta-se à vontade para compartilhar nos comentários. (belezaesaude)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.