DPVAT: DESAFIO DAS AUTORIDADES É ACABAR FÁBRICA DE DINHEIRO DAS SEGURADORAS

DESAFIO DE TCU É ACABAR O MONOPÓLIO DO SEGURO OBRIGATÓRIO
DESAFIO DE TCU, PF E MPF É ACABAR DE VEZ COM MONOPÓLIO DO DPVAT
Sob investigação da Polícia Federal, do Ministério Publico e do Tribunal de Contas da União (TCU), o esquema do seguro obrigatório DPVAT é pago obrigatoriamente a uma “Seguradora Líder”, que se encarrega de dividir com 86 empresas os mais de R$ 9 bilhões que deve arrecadar, por exemplo, em 2018. Além de apurar eventuais crimes, esses órgãos federais têm o desafio de acabar de vez com o monopólio da “Líder”. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Após investigações da PF e do Ministério Público Federal, o DPVAT caiu de preço: de R$105 desde 2015 foi caindo até os R$48 em 2018.
A redução do DPVAT apenas chamou atenção para a cobrança abusiva das seguradoras até 2015, quando começou a ser reduzido.
Desde que foi criado em 1974 por empresários espertos do ramo de seguros, o DPVAT faturou mais de R$220 bilhões (não atualizados).
O deputado Vitor Valim (MDB-CE) foi o primeiro apontar irregularidades na Seguradora Líder, a “dona” do DPVAT, ao Tribunal de Contas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.