É preciso dar “tempo ao tempo”, diz Temer sobre baixa popularidade

De acordo com pesquisa Datafolha, 70% dos brasileiros avaliam o governo do presidente como ruim ou péssimo
O presidente Michel Temer comentou rapidamente nesta quinta-feira (1º/2), o resultado das pesquisas recentes, que mostram sua baixa popularidade. Ao ser questionado sobre o impacto das avaliações negativas no seu governo e na agenda de reformas, Temer respondeu: “Vamos dar tempo ao tempo”. A declaração aconteceu na chegada do presidente ao Supremo Tribunal Federal (STF) para participar da sessão solene de abertura do Ano Judiciário.
De acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta (31), 70% dos brasileiros avaliam o governo de Michel Temer como ruim ou péssimo. Apenas 6% dos entrevistados consideram que o peemedebista faz um governo bom ou ótimo.
Crise institucional
A cerimônia da abertura do Ano Judiciário acontece em meio a uma crise institucional causada por decisões judiciais que desagradaram o Executivo, como o veto à posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho.
Auxiliares do presidente Temer dizem que, apesar do desgaste em torno da nomeação da deputada, o governo não vai voltar atrás na batalha para manter a prerrogativa constitucional do presidente em nomear ministros.
A avaliação no Planalto é que o Judiciário está politizando uma situação e que o governo não pode voltar atrás para não abrir um precedente ainda maior na crise institucional. (metrópoles)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.