Ex-Botafogo marca no fim, jogo termina em briga e tem até mordida

Jogadores foram acusados de falta de fair play em gol que decidiu partida
Ronaldo não perdoou a 'mãozada' que levou do rival - Reprodução
Emirados Árabes Unidos - O brasileiro Caio, revelado pelo Botafogo, foi pivô de uma confusão na partida entre Al Wasl e Al Nasr, pelas quartas de final da Copa dos Emirados Árabes. O gol marcado pelo atacante, já nos últimos minutos do jogo, desencadeou uma grande confusão, que teve até uma mordida.
Aos 48 minutos do segundo tempo, Caio recebeu cruzamento, dominou e bateu com estilo, sem chances para o goleiro, garantindo a vitória do Al Wasl. O gol foi legal, mas segundo os adversários, faltou fair play na origem do lance.
Ronaldo Mendes, outro brasileiro da equipe, havia recebido passe enquanto um atleta do Al Nasr estava caído depois de uma dividida. Ao invés de jogar a bola para fora, o jogador levantou na área, ignorando o rival que sentia dores.
Um dos jogadores do Al Nasr colocou a mão no rosto de Ronaldo Mendes, que revidou com uma mordida no dedo do adversário. (odia)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.