GILMAR SUBSTITUI PRISÃO DE EX-SECRETÁRIO DO RIO POR MEDIDAS CAUTELARES

SÉRGIO CÔRTES É UM DOS INTEGRANTES DA 'GANGUE DO GUARDANAPO'
GILMAR MENDES SUBSTITUI PRISÃO DO EX-SECRETÁRIO DE SAÚDE DO RIO SÉRGIO CÔRTES POR MEDIDAS CAUTELARES (FOTO: FÁBIO MOTTA/AE)
O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu soltar o ex-secretário de Saúde do Rio Sérgio Côrtes, que comandou a pasta durante o governo de Sérgio Cabral (MDB-RJ) e foi preso na Lava Jato. Gilmar substituiu a prisão de Côrtes por medidas cautelares.
Em novembro, o ex-secretário disse que usou recursos do empresário Miguel Iskin para financiar as campanhas do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (MDB), e do candidato à prefeitura do Rio, Pedro Paulo (MDB). Côrtes e Iskin são acusados de participar do esquema de fraudes em licitações na saúde do Rio, que teria movimentado cerca de R$ 16 milhões.
O ex-secretário de Saúde de Cabral é acusado pelo Ministério Público Federal de receber propina em “equipamentos de segurança e contrainteligência”. (DP)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.