Ministro Edson Fachin mantém Bendine preso

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, negou liminar para tirar da cadeia o ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil Aldemir Bendine.
A defesa queria que a prisão preventiva fosse substituída por medidas cautelares.
Bendine está preso desde julho do ano passado, acusado de ter recebido 3 milhões de reais em propina da Odebrecht. O MPF pediu sua condenação a 30 anos de prisão por corrupção. (BNews)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.