'O outro lado do paraíso': Gustavo se humilhará para Clara

Ele oferecerá ajuda no processo da guarda de Toma
Gustavo (Luis Melo) se humilhará para Clara (Bianca Bin) nos próximos capítulos de "O outro lado do paraíso". O juiz vai implorar para não ser denunciado depois que a mocinha descobrir que ele é o sócio misterioso do bordel.
- Eu tenho bons motivos para fazer essa denúncia - dirá a milionária.
- Não me denuncie. Eu imploro - pedirá ele, ajoelhado. - Um juiz não pode ter um negócio paralelo. Muito menos um bordel. Eu sei que o bordel não está no meu nome, mas há testemunhas.
- Testemunhas não faltam - completará a jovem.
- O sistema judiciário dá muita importância a questões como honra, respeito. Um juiz não pode ter o nome sujo. Pelo contrário, a dignidade de um juiz deve estar acima da dignidade de qualquer outro cidadão. Se me denunciar, serei afastado do cargo. Depois, julgado por um tribunal de desembargadores e aposentado compulsoriamente. Perderei tudo que tenho hoje, meu padrão de vida será outro.
Ele oferecerá ajuda no processo da guarda de Tomaz (Vitor Figueiredo) para tentar convencê-la. Clara, porém, recusará: - Eu vou conquistar a guarda do Tomaz por meios legais, porque eu sou mãe e tenho direito. E não fazendo um acordo com um juiz corrupto. Sabe por que, doutor Gustavo? Eu não sou corrupta. Se aceitar o que me propõe, estarei sendo tão corrupta quanto o senhor. (Agência O Globo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.