Trump quer ‘muro real, não pequeno’ na fronteira com o México

Magnata também voltou a acusar democratas de não quererem resolver o status de imigração dos jovens indocumentados conhecidos como 'sonhadores'
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante reunião com desertores norte-coreanos no Salão Oval da Casa Branca, em Washington - 02/02/2018 (Yuri Gripas/Reuters)
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta sexta-feira que quer construir “um muro real”, não “um muro pequeno” na fronteira com o México, e reiterou sua acusação de que os democratas não querem resolver o status de imigração dos jovens indocumentados conhecidos como “sonhadores”.
Em uma visita a uma divisão do Departamento de Proteção de Fronteiras e Alfândegas (CBP, sigla em inglês), Trump disse que quer que o Congresso aprove uma lei de imigração que permita a construção de “um muro real, não um muro pequeno, como algumas pessoas disseram”.
A Casa Branca propôs ao Congresso na semana passada uma reforma que permitiria o acesso à cidadania para 1,8 milhão de indocumentados que chegaram aos EUA ainda crianças, a troca de 25 bilhões de dólares para construir o muro e reforçar a segurança na fronteira.
Mas a proposta do presidente recebeu uma resposta fria entre os democratas, e não está claro que os dois lados possam chegar a um acordo antes do dia 8, quando expira uma lei orçamental que a oposição não parece disposta renovar sem uma solução para os “sonhadores”.
“Queremos chegar a um acordo”, disse Trump, sobre as negociações com o Congresso.
“Eu acho que eles (democratas) querem usá-lo para seus propósitos políticos, para as eleições. Realmente não estou feliz como vai tudo isso, do ponto de vista dos democratas”, afirmou. (veja)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.