Vigilância Sanitária apreende mais de 170 quilos de carne estragados em Itabuna

O Departamento de Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde de Itabuna apreendeu, na ultima sexta-feira (9), mais de 174 quilos de carne imprópria para o consumo. O alimento que estava sendo vendido em um mercado de carne, no bairro São Caetano, estava em estado de decomposição, segundo os fiscais da Vigilância Sanitária. Eles chegaram ao local por meio de denúncia e após apreensão, o produto foi destruído.
O diretor do departamento, Manoel Mattos, alerta à população para ficar atenta ao comprar produtos comercializados, principalmente em locais como feiras livres. “É importante que se verifique prazo de validade, condições de acondicionamento, origem e manipulação do que está sendo vendido e caso suspeite de alguma irregularidade, que denuncie à Vigilância por meio do telefone 3617-9169. O denunciante não precisa se identificar se assim desejar”.
Quanto aos comerciantes, o diretor afirma que, além do desrespeito ao colocar produtos sem condições de uso ou fora dos padrões de higiene, eles colocam em risco a saúde da população. “Se um alimento estragado for consumido, pode levar uma pessoa à apresentar transtornos digestivos e intoxicação alimentar grave e possível internamento hospitalar”, alerta o diretor.
Manoel Mattos informa ainda, que o município conta com equipes de fiscais que visitam, diariamente, inclusive nos fins de semana, vários tipos de estabelecimentos comerciais como supermercados, feiras livres, farmácias, laboratórios, vendedores ambulantes entre outros. “Temos um leque de cinco mil estabelecimentos regulados e fiscalizados rigorosamente pelo serviço de Vigilância Sanitária do município, para garantir a segurança alimentar de nossa população”.
Os alimentos com suspeita de falsificação ou de algum tipo de irregularidade são apreendidos e tem amostras coletadas e encaminhadas ao Laboratório Central (LACEN) em Salvador para análise fiscal, segundo o diretor. (ASCOM)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.