AMEAÇA, AMEAÇA, AMEAÇA, DESRESPEITO ÀS AUTORIDADES, E FICA PORISSO MESMO

Por Ornan Serapião
A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, que também responde a processo juntamente com o esposo na Lava Jato, em mais uma ameaça contra as instituições encarregadas de julgar os desvios provocados pelos governos Lula e que deverá desembocar na sua eventual prisão, de acordo com os DITAMES DA LEI, afirmou em discurso em São Paulo, que “querem prender o Lula e é para isso que está caminhando”. Ela reforçou que o partido irá até “as últimas consequências” para defendê-lo. “A prisão do Lula não vai ser aceita com normalidade por nós”,... “Não é que nós vamos fazer insurreição, grandes mobilizações, mas não vamos aceitar calmamente. Nós vamos resistir.” No discurso, a senadora disse que Lula pode ser derrotado, mas que “eles vão pagar o preço na sociedade brasileira e na sociedade internacional.”
Diz ela, então, que o partido irá até as ultimas consequências. Poderíamos entender essa afirmação, como sendo o acompanhamento jurídico disponibilizando os advogados para a defesa do réu. Agora, afirmar que a prisão dele(Lula) não vai ser aceita com normalidade pelo PT, entendemos que não poderá ser diferente. Entretanto, afinal, a senadora diz que "eles" vão pagar o preço nas sociedades brasileiras e internacional. Aí perguntamos: quem são eles, senadora? O povo? E será mesmo que a resistência do PT será acolhida pela sociedades mencionadas? O Brasil reagirá na forma "estabelecida" pelo PT ou ficará do lado da aplicação da Lei a que estão submetidos todos os corruptos? Basta olhar o resultado da prepotência do ex governador do Rio para ver que não é desse modo, senadora, que a banda toca. Ademais, os países estão enfrentando tantos problemas que, sinceramente, duvidamos que a "sociedade internacional" se preocupe em cobrar da justiça brasileira o "preço" que a senhora presume em nome do PT ou uma reversão de qualquer que seja o resultado do julgamento.
SINCERAMENTE, o Brasil não aguenta mais tanta ameaça de quem tanto deve  à justiça e aos brasileiros. Faça-se justiça. É isso que todos nós esperamos.
* ornan Serapião, é funcionário público federal aposentado, professor e redator do site.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.