Bispo e padres compraram fazenda, casa lotérica, carros e relógios de luxo

Segundo a investigação, o grupo se apropriava de dinheiro oriundo de dízimos, doações, arrecadações de festas realizadas por fiéis e taxas de eventos como batismos e casamentos
Operação Caifás apreende artigos de luxo e dinheiro(foto: MPGO/Divulgação)
Além de prenderem o bispo de Formosa (GO), dom José Ronaldo, quatro padres e um monsenhor, policiais civis apreenderam farto material na Operação Caifás, na manhã desta segunda-feira (19/3). Os religiosos são acusados pelo Ministério Publico do Estado de Goiás (MPGO) de desviar mais de R$ 2 milhões da Igreja Católica. O dinheiro, segundo a investigação, foi usado na compra de uma fazenda, uma casa lotérica, carros e artigos de luxo.
Na casa do monsenhor Epitácio Cardozo Pereira, vigário-geral da Diocese de Formosa, policiais encontraram um fundo falso com o dinheiro. Além da moeda brasileira, havia dólares, euros e peso argentino. Ainda na casa do monsenhor, o número dois na hierarquia da Igreja em Formosa e região, os investigadores apreenderam uma grande quantidade de aparelhos eletroeletrônicos, incluindo iphones e macbooks PRO, além de uma coleção de relógios de grife. 
Segundo a investigação, o grupo se apropriava de dinheiro oriundo de dízimos, doações, arrecadações de festas beneficentes realizadas por fiéis e taxas de celebrações, como batismos e casamentos. Além de residências e igrejas, um monsteiro também é alvo da investigação.
Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão também foram encontradas notas de dólar, euros e real(foto: MPGO/Divulgação)
Na decisão que autorizou a ação, o juiz Fernando Oliveira Samuel afirmou haver indícios de que o dinheiro era usado para despesas pessoais e que carros da Diocese de Formosa eram usados para fins particulares. Os policiais cumpriram nove mandados de prisão e 10 mandados de busca e apreensão em residências, na cúria da Diocese de Formosa, em paróquias de Planaltina de Goiás e Posse (GO) e em um mosteiro. Eles apreenderam caminhonetes da cúria em nomes de terceiro. (CB)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.