EXPLICADO: FERIADÃO DE 10 DIAS DO STF JÁ COMEÇOU

APÓS A SESSÃO DE QUINTA (22), STF SÓ VOLTA AO BATENTE DIA 2
LEI DE 1966 GARANTE FOLGA A PARTIR DE QUARTA A MINISTROS DO STF
O Supremo Tribunal Federal (STF) marcou somente para 4 de abril o julgamento do habeas corpus de Lula porque, para seus ministros, começou nesta sexta (23) o “esticadão” da Semana Santa. A lei 5.010/66 multiplica para três dias, a partir da quarta, o feriado de Sexta-Feira da Paixão. Segunda (26) e terça (27) seriam dias de trabalho, mas vai ser difícil encontrar ministros do STF em Brasília. Até no Brasil. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
A semana que vem será de trabalho duro só para os contribuintes que sustentam feriadões e esticadões no funcionalismo público brasileiro.
O Supremo respondeu que os ministros “não têm o hábito de informar suas agendas”, livrando-se de informar o paradeiro deles no feriadão.
O ministro Gilmar Mendes não estará no julgamento do habeas corpus de Lula, no dia 4. Até 5 de abril, ele organiza o seu VI Forum de Lisboa.
Na quinta (22) no STF passou a impressão, para muitos, de que tudo era combinado. Nada disso. Nossa Suprema Corte é mesmo assim.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.