Força-tarefa busca local sem riscos para prisão de Lula

Uma força-tarefa procura um local sem riscos para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, cumprir sua pena de 12 anos e um mês de prisão em regime fechado, segundo a Coluna do Estadão, do jornal O Estado de São Paulo. Há temor do que pode ocorrer se ele for para um presídio.
Ainda segundo o jornal, uma opção seria levá-lo para uma sala de Estado-Maior, existente em todas as dependências do comando das Forças Armadas ou da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Ou reproduzi-la na superintendência da Polícia Federal no Paraná.
O Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), o Tribunal da Lava Jato, marcou para segunda-feira (26), o julgamento do recurso de Lula no processo do triplex – o petista pegou 12 anos e um mês de reclusão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. 
O julgamento dos embargos de declaração do ex-presidente será rápido, sem sustentações orais. Como nos julgamentos anteriores sobre execução provisória da pena, se a decisão for unânime e mantiver o acórdão da apelação, o extrato de ata já pode servir para que o juiz de primeiro grau Sérgio Moro, execute a pena provisoriamente. (BNews)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.