Pedido de vista pode impedir por mais tempo a prisão de Lula

Supremo volta a se reunir em 4 de abril | Aílton de Freitas / Agência O GLOBO
Por Miriam Leitão*
Lula tem uma chance a mais de evitar sua prisão pelo TRF-4. Basta que algum ministro do STF peça vista no julgamento do dia 4 de abril. Se isso acontecer, o habeas corpus temporário concedido a ele ontem seria mantido até que o caso fosse retomado e finalizado dentro da corte.
Esse caminho seria uma forma de pressionar a ministra Cármem Lúcia a pautar em definitivo o tema da prisão após a segunda instância. Ou seja, o pedido de vista teria a justificativa de que isso deveria vir primeiro, e o caso de Lula, depois.
O desgaste para o STF seria enorme, por ser um caso de repercussão nacional e por se tratar de um habeas corpus. Por isso, no meio jurídico, a avaliação é de que a hipótese de acontecer é baixa. Mas a brecha existe.
Mesmo em liberdade, Lula poderia ser impedido de concorrer à Presidência, porque a condenação em segunda instância o tornaria inelegível pela Lei da Ficha Limpa. Mas ele teria muito mais influência para transferir votos para outro candidato do PT porque participaria ativamente da campanha. 
*Por Miriam Leitão. colunista de economia de O Globo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.