Queda de helicóptero deixa cinco mortos em Nova York

A aeronave teria tido falha no motor; piloto é o único sobrevivente da tragédia
Bombeiros e paramédicos auxiliam no resgate das vítimas do helicóptero que caiu no East River em Nova York - 11/03/2018 (Darren Ornitz/Reuters)
Cinco pessoas morreram na queda de um helicóptero no estreito de East River, em Nova York, nos Estados Unidos, no domingo à noite. Apenas o piloto sobreviveu. A polícia ainda não informou a identidade ou nacionalidade das vítimas.
Fontes do corpo de bombeiros de Nova York confirmaram que dois homens morreram no local do acidente em frente ao litoral leste de Manhattan, enquanto outros dois homens e uma mulher morreram horas depois em hospitais da cidade.
O único sobrevivente foi o piloto do helicóptero, modelo Eurocopter AS350, que conseguiu deixar a aeronave quando esta afundava nas águas, perto da ilha Roosevelt.
As autoridades não divulgaram a identidade das vítimas, nem suas nacionalidades. O acidente aconteceu quando o helicóptero fazia um voo panorâmico sobre Nova York.
As vítimas foram resgatadas por mergulhadores dos bombeiros e da polícia local, uma operação que acabou dificultada pela baixa temperatura da água, pelas correntes no estreito e pela profundidade dos destroços do helicóptero, que está a cerca de 15 metros da superfície.
Alguns trechos do diálogo com a torre de controle foram reproduzidos por veículos de imprensa locais e o piloto, Richard Vance, de 33 anos, indicou que o motor estava falhando.
A aeronave pertence à empresa Liberty Helicopters que oferece serviço de aluguel privado e passeios turísticos. O helicóptero decolou da cidade de Kearny, no estado vizinho de Nova Jersey.
Este não é o primeiro acidente envolvendo a empresa. Em 2009, um helicóptero de turismo do mesmo modelo colidiu contra um avião privado acima do rio Hudson, matando 9 pessoas, incluindo turistas italianos.
A investigação do acidente está sob responsabilidade da Junta Nacional de Segurança do Transporte (NTSB, na sigla em inglês). (veja)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.