Trump decide demitir assessor de segurança nacional, diz jornal

Segundo o Washington Post, a mudança não deve ser realizada imediatamente, pois o presidente quer escolher o substituto com cuidado
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump (Mandel Ngan/AFP)
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, decidiu substituir seu assessor de segurança nacional H.R. McMaster, mas a mudança não deve ser realizada imediatamente, relatou o jornal Washington Post na quinta-feira.
Citando cinco pessoas com conhecimento dos planos, o jornal disse que Trump está considerando diversas possibilidades de substitutos, incluindo o ex-embaixador norte-americano para a Organização das Nações Unidas, John Bolton, e o chefe de gabinete do Conselho de Segurança Nacional, Keith Kellogg.
A Casa Branca não respondeu de imediato a um pedido de comentário da Reuters. Na terça-feira, Trump demitiu o secretário de Estado Rex Tillerson. O presidente tem indicado nos últimos dias que a reforma no alto escalão de seu governo não acabou.
“Este realmente é o momento em que estamos chegando muito perto de ter o gabinete e outras coisas que eu quero”, disse Trump a repórteres depois que Tillerson foi demitido.
McMaster não deve ser removido do cargo imediatamente, segundo o Washington Post. Trump está disposto a levar um tempo para fazer a mudança para escolher com cuidado um substituto forte, afirmou o jornal. (veja)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.