Alckmin acredita que instabilidade favorece sua candidatura

É bom ser chuchu
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, durante a 14ª Convenção Nacional do PSDB - 09/12/2017 (Evaristo Sá/AFP)
A efervescência política, que vem intoxicando o país, não é mal-vista por Geraldo Alckmin. Pelo seu temperamento mais tranquilão, ele acha que essa instabilidade o favorece. O tucano quer se colocar como “o candidato da conciliação”, capaz de unir correntes diversas. Para isso, atrair o PSB é crucial.
Esta e outras notas com informações exclusivas na edição de Veja desta semana, já nas bancas. (radar on-line)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.