Ampliação do INSS Digital é adiada

Ainda não há data para que segurado peça aposentadoria por tempo de contribuição pelo site
Aposentados e pensionistas podem acessar outros serviços pelo portal do INSS na internet - Divulgação
Rio - Ao contrário do informado ao DIA pelo superintendente do INSS que coordena as regiões do Rio, Minas e Espírito Santo, Paulo Cirino, a aposentadoria por tempo de contribuição que estaria disponível no INSS Digital já em abril não entrará em operação. A data da entrada em operação deste tipo de requerimento não foi informada pelo Ministério do Desenvolvimento (MDS), pasta à qual o INSS é subordinado.
O ministério informou que "por um problema de sistema foi preciso adiar a ampliação do INSS Digital. Esse tipo de aposentadoria (por contribuição) é concedida a mulheres que recolheram à Previdência por 30 ano e homens por 35 anos. E em 48 horas, segundo o INSS. Ainda de acordo com o instituto, esse prazo de até 48 horas valeria desde que não houvesse pendência nas informações das bases cadastrais do sistema.
Alguns serviços já estão em funcionamento na plataforma, como a aposentadoria por idade, por exemplo, que está disponível desde novembro do ano passado no portal do INSS. Ao solicitar a aposentadoria, o sistema faz uma busca para saber se o benefício pode ser concedido automaticamente. Se não for possível, é preciso agendar a ida a um posto do INSS para dar entrada no pedido. Vale lembrar que tem direito ao benefício o segurado que tiver contribuído por 180 meses à Previdência, além de mulheres com 60 anos de idade e homens com 65 anos.
15 serviços
A partir deste mês todos os segurados do INSS do Rio e do Grande Rio poderão acessar o portal INSS Digital e usufruir de, pelo menos, 15 serviços oferecidos pelo instituto. Será possível obter extrato previdenciário, pedir aposentadoria por idade e pensão por morte, corrigir dados cadastrais, simular tempo de serviço, entre outros itens, que estarão disponíveis em ambiente totalmente digital sem que o segurado precise se deslocar a uma agência. A adaptação será feita de forma gradativa, segundo informou o INSS com exclusividade ao DIA.
De 19 a 23 de março, as agências da Previdência Presidente Vargas, Méier e Centro ficaram em treinamento para operar no INSS Digital. Na semana de 26 a 29 deste mês, foi a vez dos postos de Copacabana, Praça da Bandeira e Barra. E por último, de 2 a 4 de abril outras nove agências vão operar totalmente no ambiente digital.
"Os benefícios de salário-maternidade, pensões por morte e aposentadorias serão concedidos automaticamente", anunciou o gerente executivo Fernando Sixel. A iniciativa faz parte da modernização da autarquia que para facilitar o acesso dos segurados aos serviços além de desafogar as agências, que carecem com falta de servidores, conforme disse o superintendente.
Pelo portal meu.inss.gov.br, tanto o aposentado quanto o trabalhador - que ainda vai pedir o benefício - pode resolver tudo em um só lugar e o melhor, sem sair de casa. Para ter acesso a todos esses serviços, basta cadastrar o CPF e senha.
Expectativa era desafogar as agências
A expectativa é de que, à medida que o INSS Digital chegar a todas as agências, o atendimento seja desafogado. O instituto esclarece que, em média, no Rio, as agendas convencionais de atendimento pela internet ou pela Central 135 estão com prazo de três dias e em alguns postos tal período corresponde a 24 horas.
No final do mês, a expectativa era de que a oferta de vagas referentes a todos os benefícios fosse o triplo da atual, mas agora com esse adiamento, esse prazo não deve ser cumprido.
"A instituição vai simplificar e automatizar suas rotinas e gerar facilidades para obter benefícios", disse Sixel, na época. (odia)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.