BELO HORIZONTE - Haitiana é agredida com socos durante assalto na região da Pampulha

Dois irmãos foram presos suspeitos de envolvimento no crime
Suspeito, de 23 anos, usava um Siena de cor prata
Dois irmãos foram presos suspeitos de envolvimento em um roubo a uma haitiana, neste domingo (1º), no bairro Dona Clara, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. A mulher de 27 anos chegou a ser agredida com socos por um dos homens.
De acordo com o sargento Luiz Antônio de Oliveira, do 13º Batalhão de Polícia Militar, a vítima estava a caminho da igreja quando foi abordada. "Ela, que está no Brasil há quatro anos fazendo intercâmbio, foi abordada na rua Aureliano Lessa. O autor puxou a bolsa dela e a agrediu. Ela revidou", explicou o policial.
Após o crime, o suspeito de 23 anos entrou em um Siena de cor prata. O veículo foi abordado pelos policiais na avenida Isabel Bueno, já no bairro Liberdade. No carro estava o irmão dele, de 27.
"O mais velho não foi reconhecido pela vítima, mas, durante o registro da ocorrência, uma outra mulher se aproximou da guarnição e contou que ele a roubou no dia 24 de março em um ponto de ônibus no Anel Rodoviário, na altura do bairro São Francisco", explicou o sargento.
Ainda segundo ele, a haitiana não precisou receber atendimento médico. A bolsa da jovem com os documentos e celular não foi encontrada. A dupla, que já tem antecedentes criminais, foi encaminhada à Central de Flagrantes I (Ceflan). 
(O TEMPO)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.