CRIME EM SALVADOR - Pai e filho morrem baleados e parente é ferido ao tentar defendê-los

Crime ocorreu na noite de domingo (1), no bairro do Pau Miúdo
Paulo Nascimento de Almeida e o filho Paulo Henrique Almeida, 19 anos, foram assassinados a tiros, na noite deste domingo (1), no bairro de Pau Miúdo, em Salvador. Irmão e tio das vítimas, José Carlos Nascimento de Almeida, 43 anos, ficou ferido no peito, costas e braço ao tentar defender os familiares. Não há informações sobre o estado de saúde dele.
Socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para o Hospital Geral do Estado (HGE), José chegou consciente à unidade de saúde e contou que foi tentar defender Paulo e Paulinho quando acabou atingido. "A vítima foi defender o irmão e o sobrinho que estavam sendo baleados por dois elementos desconhecidos. Resultando no óbito dos dois no local", diz o boletim de ocorrência da unidade de saúde.
De acordo com a polícia civil, há informações de que pai e filho estavam morando e trabalhando em Brasília e que Paulo teria levado o filho para a capital do Distrito Federal porque ele estava envolvido com o tráfico de drogas. Pai e filho estavam em Salvador a passeio, já com passagens marcadas para retornarem a Brasília, quando ocorreu o atentado.
Ainda de acordo com a polícia, eles estavam num bar, quando os dois autores passaram observando, depois retornaram e atiraram contra Paulo Henrique. A investigação apontou ainda que o pai tentou impedir a morte do filho e acabou assassinado. José Carlos também tentou intervir o ataque ao irmão e ao sobrindo e acabou baleado. Ele permanece internado no HGE, onde passou por cirurgia.
Em nota, a Polícia Militar informou que policiais militares da 37ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Liberdade) foram acionados pelo Cicom com informação de que três pessoas foram atingidas por disparos de arma de fogo, na rua Eufrosina Miranda, Pau Miúdo, por volta das 19h30 de domingo (1).
"Quando chegou ao local a guarnição isolou a área e acionou o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc) para remoção de dois corpos e realização de perícia, além de solicitar socorro ao Samu para a terceira vítima", completa a nota.
Por telefone, a esposa de José Carlos, sem se identificar, se limitou a dizer que o marido passa bem e que a família não tem intenção de comentar o crime. A mulher, entretanto, confirmou que os mortos são sobrinho e irmão do marido.
O crime vai ser investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). (correio)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.