Idosos e deficientes devem se cadastrar para continuar a receber benefícios

Imagem de arquivo do site
Idosos e deficientes que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), devem se cadastrar no Cadastro Único (CadÚnico), um banco de dados que dá acesso aos programas sociais do Governo Federal. A inscrição é obrigatória e pode ser feita no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), na Rua F, bairro Jardim Grapiuna (ao lado do Tiro de Guerra). O beneficiário deve apresentar seu CPF e o de todas as demais pessoas da família.
O cadastramento pode ser feito pelo idoso, deficiente ou pelo responsável familiar, desde que este último tenha mais de 16 anos, more na mesma casa do beneficiário e que também divida despesas e renda.
De acordo com as normas estabelecidas pelo Ministério do Desenvolvimento Social, idosos ou deficientes que não estiverem no Cadastro Único poderão ter o benefício cancelado. “É importante que os beneficiários deste programa mantenham seus dados atualizados por meio do CadÚnico, pois é a única forma de garantir os direitos dos beneficiários e ajudar o governo a atender a quem realmente precisa”, reforçou a diretora do Departamento de Combate a Pobreza Carol Suzart, da Secretaria de Assistência Social de Itabuna. (PMI/ASCOM)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.