QUE MOMENTO! General Manda Um Recado Tenso Ao Supremo: “Ou STF Recusa O Habeas Corpus Do Lula Ou O Exército Brasileiro Entrará Em Ação”, informa o NBO

O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, afirmou em rede social nesta terça-feira (3), véspera do julgamento do habeas corpus impetrado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no STF (Supremo Tribunal Federal), que repudia “a impunidade”.
Ele se diz ainda “atento às suas missões institucionais”, sem detalhar o que pretendeu dizer com a expressão.
O general fez duas postagens na noite desta terça-feira (3). Na segunda, afirmou: “Asseguro à Nação que o Exército Brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à democracia, bem como se mantém atento às suas missões institucionais”.


Nessa situação que vive o Brasil, resta perguntar às instituições e ao povo quem realmente está pensando no bem do País e das gerações futuras e quem está preocupado apenas com interesses pessoais?
Asseguro à Nação que o Exército Brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à Democracia, bem como se mantém atento às suas missões institucionais.

Na primeira postagem, o general escreveu: “Nessa situação que vive o Brasil, resta perguntar às instituições e ao povo quem realmente está pensando no bem do país e das gerações futuras e quem está preocupado apenas com interesses pessoais?”.

Nessa situação que vive o Brasil, resta perguntar às instituições e ao povo quem realmente está pensando no bem do País e das gerações futuras e quem está preocupado apenas com interesses pessoais?

Quarenta e cinco minutos depois das postagens, os comentários tinham cerca de 4,5 mil “curtidas”. As afirmações do general surgem em um momento de tensão social e política, com protestos ocorridos ou marcados em várias partes do país contra e a favor de Lula.
A assessoria do Comando do Exército foi procurada pela Folha por telefone para explicar o contexto das frases de Villas Bôas e qual o objetivo de sua manifestação, mas ninguém atendeu aos telefonemas.
(noticiasbrasilonline)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.