SINDICATO DOS DELEGADOS DA PF PEDE TRANSFERÊNCIA DE LULA PARA PRESÍDIO

ENTIDADE MOSTRA RISCOS À POPULAÇÃO COM PRISÃO NA SEDE DA PF
SINDICATO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA FEDERAL PEDE TRANSFERÊNCIA DE LULA POR RISCO À POPULAÇÃO E POLICIAIS (FOTO: MARCELLO CASAL JR/AGÊNCIA BRASIL)
O Sindicato dos Delegados de Polícia Federal do Estado do Paraná (SinDPF-PR) solicitou ao superintendente da Polícia Federal do Paraná a transferência do ex-presidente Lula da sede da Superintendência Regional da Polícia Federal no Estado do Paraná para um local que ofereça mais segurança e não traga transtornos para a população e para os funcionários que trabalham no prédio.
O documento aponta que na sede da Superintendência da PF são realizados atendimento ao público – como emissão de passaporte e de certidões de antecedentes criminais –, o que faz com que a circulação de pessoas no local seja grande. Por isso, é necessária a segurança e agilidade no atendimento.
Com a prisão de Lula no prédio, pessoas ligadas a movimentos sociais se instalaram próximas ao local, causando bloqueios de acesso e outras medidas para assegurar a segurança nas mediações. O Sindicato alega que tais medidas prejudicam o atendimento e as ações policiais, por isso a necessidade da transferência. Além disso, os policiais federais envolvidos na operação de segurança do local não podem exercer suas atividades policiais normalmente.
A categoria aponta ainda “comprovados riscos à população que reside no entorno do prédio da PF, aos Policiais Federais e demais integrantes do sistema de segurança pública que moram nas imediações da Sede da Polícia Federal”. Segundo o sindicato, pessoas instaladas no local já começaram a intimidar quem circula pelo local.
No documento, é citado ainda que a sede da Superintendência não é um “local apropriado para o cumprimento de sentença penal condenatória, por questões alusivas à segurança da população e à ordem pública” e pede a transferência de Lula para uma unidade das Forças Armadas. (DP)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.