Somadas,TVs abertas dedicaram quase 7 horas a prisão de Lula

Levantamento mostra quais emissoras e noticiários da TV aberta que dedicaram mais tempo a ordem de prisão de Lula
KEILA JIMENEZ
O Jornal Nacional dedicou 40 minutos ao tema
Reprodução
Assim que a ordem de prisão do ex-presidente Lula foi expedida pelo juiz Sergio Moro, última quinta-feira (5) a TV foi completamente dominada pelo assunto.
Tanto é que os principais noticiários noturnos do dia foram praticamente monotemáticos.
Segundo levantamento exclusivo da Controle da Concorrência, que monitora inserções comerciais para o mercado, a prisão de Lula ocupou quase a totalidade dos noticiários da faixa nobre na TV aberta no último dia 5.
Somadas, Globo, Record TV, SBT, Band e Rede TV! falaram do assunto por cerca de 7 horas.
O levantamento mostra que a emissora que mais dedicou espaço ao assunto foi a Band : 2h41 falando sobre a ordem de prisão do ex-presidente.
Só o "Brasil Urgente" passou 1:09 repercutindo o assunto. O "Jornal da Band" falou por 56 minutos sobre o tema.
Na sequência, veio a Globo, com 1:11 dedicados ao tema. O "Jornal Nacional" teve 40 minutos exclusivamente sobre a ordem de prisão. É quase a totalidade do noticiário, que costuma ter, somando intervalos comerciais, entre 40 e 50 minutos de duração.
A Record TV dedicou 56 minutos ao assunto, sendo a maior parte no "Cidade Alerta, 39 minutos.
O SBT falou sobre a ordem de prisão de Lula por 51 minutos, tempo igualmente dividido entre "SBT Brasil" e "SBT Notícias".
Na RedeTV!, o tema tomou cerca de 50 minutos da programação no horário nobre, sendo 33 minutos somente no "RedeTV! News".

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.