TCM cobra R$ 192 mil de ex e atual prefeita de Arataca

Nessa quarta-feira (11), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) julgou representação formulada pela Caixa Econômica Federal contra a prefeita de Arataca, Katiana Pinto de Oliveira (PP), e o ex-prefeito Fernando Mansur Gonzaga (PMDB). De acordo com a denúncia, houve irregularidade no repasse de valores descontados dos salários dos servidores para o pagamento de empréstimo consignado junto à instituição financeira, no valor de R$ 192.203,35, nos exercícios de 2016 e 2017. 
O conselheiro relator Fernando Vita aplicou multa de R$10 mil para cada gestor e determinou o ressarcimento aos cofres do município, pelo ex-prefeito no valor de R$ 73.329,32, e pela atual prefeita, na quantia de R$ 118,991,03. A corte encaminhou o processo para o Ministério Público. 
O ex-prefeito Fernando Mansur disse que, quando saiu do governo, deixou em caixa quantia suficiente para o pagamento do valor correspondente ao que havia sido retido da remuneração dos servidores. A prefeita Katiana Pinto não se pronunciou sobre o caso. Cabe recurso. (Blog do Gusmão)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.