Vaticano prende sacerdote acusado de possuir imagens de pornografia infantil

Foto: Paulo Pinto/Fotos Públicas 
O Vaticano comunicou, neste sábado (7), a prisão preventiva do monsenhor Carlo Alberto Capella, acusado de posse e difusão de grande quantidade de imagens de pornografia infantil. Segundo anúncio oficial, ele está detido numa cela nas instalações do Corpo da Gendarmaria, à disposição das autoridades judiciais. Capella havia trabalhado como núncio apostólico (embaixador da Santa Sé) nos Estados Unidos. Em setembro de 2017, voltou ao Vaticano depois de o Departamento de Estado dos EUA acusá-lo de violação das leis de pornografia infantil. *Com informações do G1/APO 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.