Veja se você está na lista do pente-fino do INSS

No Rio, 13.880 segurados foram convocados pelo DO para fazer perícia médica
Alberto Beltrame: beneficiários precisam passar pelo exame - Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Rio - O pente-fino nos benefícios por incapacidade do INSS, que começou em agosto de 2016, não para. Ontem, o governo federal publicou mais um edital no Diário Oficial da União para convocar mais segurados que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez e não agendaram a perícia médica depois de terem recebido correspondência em casa. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), pasta à qual o INSS é subordinado, somente no Estado do Rio foram chamados 13.880 nomes neste novo edital, sendo 11.023 aposentados por invalidez e 2.857 em auxílios-doenças. Em todo país são 152,2 mil segurados do institito.
Quem não fizer o agendamento da perícia até o dia 4 de maio terá o benefício suspenso pelo INSS. O segurado só poderá voltar a receber depois que regularizar sua situação. Mas atenção: a partir da suspensão, o beneficiário tem até 60 dias para marcar o exame. Se não procurar a agência do INSS neste prazo, o pagamento será cancelado definitivamente.
"O governo convocou para perícia beneficiários que precisam passar pelo exame obrigatório e não foram localizados em razão de endereço desatualizado ou estão com informações incorretas", segundo o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame.
Veja se o nome está no DO
No endereço do Diário Oficial na internet, encurtado pelo DIA para facilitar a busca, https://goo.gl/K8QS6k, o segurado pode conferir se está na mira do INSS.
Ao clicar no link, vai abrir a página do Diário Oficial. No campo no alto à esquerada, onde está escrito "Paginação do jornal", basta iniciar a busca do próprio nome na página da Seção 3, que vai de 108 a 506 e está em ordem alfabética. Nessa listas estão todas as pessoas que foram chamadas para fazer a perícia e não comparecerem aos postos do INSS.
Quem teve o nome publicado no DOU tem 15 dias corridos para tomar ciência da publicação e mais 5 dias para agendar a perícia pelo telefone 135. Ou seja, o prazo para o agendamento se encerra no dia 4 de maio de 2018.
Prazo chega ao fim hoje
Segurados que têm de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez que foram convocados em 23 de março pelo INSS, via DO, têm até hoje para agendar a perícia de revisão do benefício. A marcação deve ser feita pela Central de Atendimento 135. A ligação é gratuita.
Caso a perícia não seja agendada, o pagamento ficará suspenso até o convocado regularizar sua situação. A partir da suspensão, o beneficiário tem até 60 dias para marcar o exame. Se não procurar o INSS neste prazo, o pagamento será cancelado.
Nesta leva foram chamadas 94 mil pessoas que não foram encontradas por inconsistência no endereço e quem recebeu a carta, mas não agendou no prazo determinado. No início de março, mais de 522 mil cartas de convocação foram enviadas.
No edital de agosto de 2017, 55.152 pessoas foram chamadas, mas somente 22 mil agendaram. (odia)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.