Ex-jogador de vôlei foi morto por marido de amante

Depoimentos apontaram que o crime foi cometido pelo marido de sua amante.
Coutinho era secretário de Esportes do município e estava chegando para trabalhar quando foi atingido.
O ex-jogador de vôlei, Elder Franzoi Coutinho, atingido, na quinta-feira (5), por uma caminhonete na cidade de Assis Chateaubriand, no Paraná, foi morto por ciúmes. A declaração foi dada pelo delegado responsável pelo caso, Thiago Teixeira da Silva, ao portal G1.
Coutinho era secretário de Esportes do município e estava chegando para trabalhar quando foi atingido. Na ocasião, o veículo chegou a invadir um ginásio. Depoimentos apontaram que o crime foi cometido pelo marido de sua amante.
– Com base nas testemunhas que ouvimos, concluímos que o crime foi passional, por ciúmes. Em depoimento, a esposa do autor disse que teve um relacionamento extraconjugal com a vítima e que o marido descobriu o caso na terça-feira – destacou.
Gilvane Bazanella Lulu dirigia o veículo e foi preso em flagrante por suspeita de homicídio qualificado. Ele teve a prisão preventiva decretada na sexta-feira (6). Em depoimento, o homem chegou a afirmar que perdeu o controle da caminhonete. (com o tempo jornalismo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.