Desembargador admite ignorar letra fria da lei para manter Lula preso

Sobre fins e meios
Desembargador João Pedro Gebran Neto (Sylvio Sirangelo/TRF4/Flickr)
O desembargador Gebran Neto admitiu a amigos que ignorou a letra fria da lei ao dar decisão contrária à soltura de Lula, desconsiderando a competência do juiz de plantão. Gebran alegou que era a única saída para evitar um erro ainda mais danoso: libertar o petista.(radar on-line)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.