Acusada de matar, esquartejar e queimar bebê volta pra cadeia

A justiça de Itabuna acatou pedido do Ministério Público da Bahia (MP-BA) e mandou de volta para a prisão a mulher que confessou ter esquartejado o próprio filho e enterrado as partes embaixo de uma árvore, num terreno na região da Volta da Cobra. Rosemare de Oliveira foi detida no sábado (25) e liberada na segunda-feira (27) durante audiência de custódia no fórum de Itabuna. Com a nova decisão da justiça, Rosemare de Oliveira foi encaminhada para o Conjunto Penal de Itabuna. Antes, na quarta-feira (29), a acusada foi submetida a exame de sanidade metal. A previsão é que o resultado saia em 10 dias. É com base nessa avaliação médica, que a justiça decidirá se a mulher será encaminhada para tratamento em Salvador ou seguirá detida em Itabuna. Rosemare de Oliveira foi presa no sábado depois de ser denunciada pelos próprios familiares, que perceberam que ela tinha retornado para casa sem a criança, um bebê de um mês. Pressionada, a mulher decidiu levar os policiais até o local onde enterrou cabeça, mãos, pés e pernas da criança. Antes de enterrar as partes em uma cova rasa, a mãe tentou queimá-las, segundo o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna. (Pimenta)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.